Notícias

Presidente do CFA fala sobre o Fórum CFA de Gestão Pública, evento que reunirá renomados especialistas para tratar de temas ligados à administração pública
 
31/01/2018
 
De 6 a 8 de junho, o Conselho Federal de Administração (CFA) realizará o Fórum CFA de Gestão Pública (Fogesp). Essa será a primeira edição do evento idealizado na gestão do administrador Wagner Siqueira. Segundo ele, a proposta é inquietar os participantes para iniciar uma verdadeira mudança na administração pública brasileira. Para isso, o CFA trará nomes de peso no cenário nacional e internacional para discutir os temas mais atuais da gestão pública. Confira mais detalhes do Fogesp nessa entrevista com o líder da Autarquia.

Por que realizar o Fórum CFA de Gestão Pública?

Porque o Sistema CFA/CRAs precisa participar do debate nacional, não repetindo sempre as mesmas questões de organizações públicas que tiveram sucesso ou não mas refletindo principalmente sobre os conceitos da administração pública face às novas circunstâncias do Estado brasileiro. A sociedade brasileira precisa proceder uma descontinuidade dura do seu processo histórico. Para isso, a administração pública precisa rever conceitos e, em função dos conceitos, mudamos comportamentos.

Nós temos tido uma administração pública que reflete efetivamente nas últimas décadas uma circunstância acachapante de dois personagens principais fundamentais da sociedade brasileira. De um lado da área econômica, temos o mundo empresarial. E na vida temos o “Zé da Silva”, o cidadão comum.

O estado acachapa as pessoas quando deveria ser efetivamente um instrumento, uma ferramenta de repercussão dos desejos das atividades econômicas para a realização do bem comum e do cidadão, que precisa ter acessibilidade, maior democratização, maior voz e maior vez do Estado brasileiro.

O Fogesp é uma organização de debate que visa contribuir não para dar uma solução, mas para uma nova forma de reflexão sobre o que é o Estado brasileiro em função de como ele se organiza hoje na administração pública.

Qual a importância do evento para os profissionais de administração de todo o país?

Eu costumo dizer que ninguém exerce a cidadania sem exercer o papel político. Quando nós nos omitimos, participamos pela omissão e isso é negativo. Quando participamos de fato, nos envolvemos, participamos pelo comprometimento, pela luta, discussão e ação. O administrador é cidadão e como tal tem participação fundamental.

Não tem atividade humana que não seja realizada por uma organização. Ela é o local de trabalho específico do profissional de administração. Portanto, ele pode transformar essa organização, tanto a pública quanto a privada, colocando-se a serviço do bem comum. Esse é um comprometimento que a profissão precisa ter.

O papel político fundamental não é apenas a concepção de um determinado emprego, mas nós estamos também exercendo um esforço maior. A contribuição que a profissão tem que exercer é a transformação, a democratização e o avanço da sociedade brasileira para padrões mais compatíveis com o mundo moderno do século XXI. Não podemos continuar como administração pública do século XX ou da primeira metade do século XX, usando apenas tecnologias em alguns casos.

Em verdade, as práticas e os conceitos que nós utilizamos na área de gestão pública é ainda muito do carro de boi. É a relação do dono descrita por Raimundo Faoro em sua obra clássica, “Os Donos do Poder”. Ou seja, você tem administração pública que reflete exatamente essa apropriação do estado brasileiro a serviço de determinados grupos e elites de interesse que evidentemente acabam conspurcando o interesse do bem comum e da sociedade.

O que esses profissionais podem esperar do Fogesp?

O Fórum é, por si só, uma novidade em termos de conceito de discussão do que há de mais moderno da gestão pública. É, portanto, o enriquecimento de tal maneira que não será apenas um déjà vu, ou seja, não será apenas mais um evento.

Nós estamos tentando trazer um conjunto de reflexões que incomode. Se o colega sair incomodado, o Fogesp terá cumprido o seu papel. Agora, se ele sair achando que foi mais um evento, evidentemente será só mais um evento e será uma pobreza. Nossa missão é inquietar os participantes, porque quando a pessoa se inquieta, ela muda, se transforma, cria em si a necessidade de mudança.

Qual a expectativa do CFA com relação ao evento o evento?

O evento é parte do processo de institucionalização de novas funções e novos papéis que o CFA deve cumprir junto com os CRAs. Um papel de discussão e ação política não só na área da gestão pública, mas na gestão privada também.

Em relação à contribuição que o profissional tem para a transformação do Estado brasileiro, o evento não se encerra em si. Ele existe antes, durante e depois do evento. Isso significa que há de se fazer uma série de atividades, mas principalmente institucionalizar esse debate. A função essencial do Conselho é o registro e a fiscalização do exercício profissional, mas o papel complementar é também discutir, por exemplo, as distorções que existem no seio da administração pública em função das ações da gestão.

Falamos em sistema de mérito desde a Constituição de 1891. Estamos em 2018 e a gente ainda discute o mesmo assunto. Passamos mais de um século debatendo uma questão que não se realiza no Brasil porque nós não somos uma sociedade do mérito, somos uma sociedade cordial, como tão bem escreveu Sérgio Buarque de Holanda em “Raízes do Brasil”. Não é cordial porque o brasileiro é bonzinho, mas porque as relações se davam pelos laços de família, pelas relações pessoais onde o privado e o público se misturam indecentemente a todo tempo.



SERVIÇO


Fórum CFA de Gestão Pública

Quando: De 6 a 8 de junho de 2018

Local: Centro de Eventos e Convenções Brasil 21, em Brasília-DF

Realização: Conselho Federal de Administração

Mais informações em breve no site http://www.fogesp.org.br



Assessoria de Comunicação CFA
Promoção e Realização
Patrocínio
Apoio Institucional

Fale Conosco

Contato

Fone

+55 61 3218-1800

Secretaria

Câmara de Gestão Pública - CGP/CFA

SAUS Quadra 01 Bloco L - Ed. CFA

70.070-632 - Brasília/DF

+55 61 3218-1842  (8h30 às 18h - segunda à sexta-feira)

fogesp@cfa.org.br